A imagem exata!

Na elaboração de propostas de layout, quase sempre soluções criativas necessitam da escolha de imagens que corresponda e ressaltem os objetivos de uma peça gráfica/digital. Muitas vezes, dúvidas surgem no inicio da criação quanto a utilização ou não dessas imagens e como aplica-las.

Vale frisar que o trabalho com imagens é essencial na maioria das peças publicitárias, principalmente quando se quer chamar atenção e apenas palavras não conseguem demonstrar o conceito da mensagem. E é sobre isso que hoje vou tratar nesse post.

Escolhendo a imagem

No fechamento do estudo da peça, o designer depara-se com alguns itens como: objetivos, propósitos, formato e contexto. Especificá-los na elaboração do brifing é essencial pois, dependendo da aplicação da peça, a imagem deve ser escolhida em maior ou menor resolução, e com maior ou menor número de detalhes.

Um exemplo é o outdoor. Recomenda-se que a imagem seja em alta resolução e com menor número de detalhes, pois primeiramente a impressão de peças maiores, exigem imagens maiores, e segundo que o tempo que o observador leva para visualizar esse tipo de mídia é curto. Já em uma revista, a imagem pode ser em menor resolução (mas que não comprometa a qualidade da impressa) e com maiores detalhes, pois o observador/leitor, folheia uma revista quando seu tempo de pausa ou estudo é um pouco maior. A imagem nesse caso, pode ser visualizada e contemplada quantas vezes for preciso.

A imagem, ao ser escolhida, deve contribuir no mínimo em algum detalhe para o conceito da peça e ela nunca deve ser utilizada como um acessório, como por exemplo, ser usada para cobrir uma sobra de espaço. A imagem serve para dar claridade a peça, contrastar ou acompanhar um texto.

Quando a imagem chega pura (fundo branco) ou quando para a peça o melhor seria utilizar apenas uma parte, a primeira vontade do designer é recortá-la. Para algumas peças esse método funciona muito bem, mas deve-se ter o cuidado para que o recorte não afete o impacto visual e o equilíbrio da imagem, o que conseqüentemente influenciaria na transmissão da mensagem.

Para finalizar então, a dica é:

  • Ressalte pontos no brifing que lhe permita a seleção de conceitos sobre as imagens que você deseja coletar.
  • Hoje a muitos bancos de imagens bons. Já deparei-me com imagens no “banco de imagens” que estavam no meu rascunho de peça, ou seja, o que você imaginar para a peça, é possível encontrar em sites especializados nisso. A imagem não é barata (principalmente na melhor resolução) mas na certa é mais viável que contratar um fotógrafo e um modelo para isso.
  • Separe as imagens por detalhes e conceitos. Separe muitas e depois selecione as imagens que combinam melhor com todo o conceito do trabalho. (ex. se de todas as imagens coletadas, algumas de fundo branco foram as que combinaram com o conceito do trabalho, procure selecionar outras tbm com o fundo branco). Nada mais estranho que deparar com um folder que contenha imagens totalmente desiguais.
  • Tente não fazer recortes bruscos. Só faça recortes fortes se isso for um conceito da peça.
  • Procure não escrever em cima da imagem, principalmente em regiões que envolvem o rosto dos modelos.
  • Para dar característica de curiosidade, é interessante na produção de folders institucionais, o recorte de pequenas partes da imagem.

Até a próxima!

Bruna Milagres

obs.: Pode copiar, mas não deixe de citar a fonte. =)

Anúncios

Sobre brunampl

Bruna Milagres é graduada em Produção Multimídia pelo Centro Universitário de Belo Horizonte (Uni-BH) e pós-graduada em Marketing Digital pela Universidade Gama Filho. Na escola de artes visuais “Casa dos Quadrinhos”, cursou ”Desenho Artístico” como complemento ao seu trabalho de design. Atualmente trabalha como freelance na área de design e marketing digital.
Esse post foi publicado em Textos e Dicas e marcado . Guardar link permanente.

Uma resposta para A imagem exata!

  1. PARABENS PELO BLOG GOSTEI MUITO !!!

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s